fbpx

6 Estratégias para contrariar a falta de concentração!

Nos dias que correm, é muito fácil ter uma mente acelerada. A informação é tanta que, para a acompanhar, necessitamos sempre de mais, levando muitas vezes à falta de concentração. É urgente abrandar a mente e olhar à nossa volta com todos os sentidos.

Por falar em sentidos – olfato, paladar, audição, tato e visão —, quem tem consciência de que está a utilizá-los a 100%? Muito pouca gente o faz hoje em dia, usando-os apenas de forma inconsciente. E porquê? Porque as pessoas estão tão absorvidas com tudo à sua volta que as capacidades como seres humanos são desvalorizadas, são apenas normais.

Resolvi escrever este artigo pois tenho muita dificuldade em concentrar-me, distraio-me com facilidade e tenho percebido que pequenas mudanças fazem uma grande diferença. Acredito que com a prática das mesmas a falta de concentração será menor.

 

A que se deve uma mente acelerada?

Concentração é sinónimo de presença e esta é, por sua vez, sinónimo de saborear cada momento com todos os sentidos. Por vezes, a quantidade de pensamentos e agitação mental é tanta que parece que o cérebro fica “cansado”.

Uma mente acelerada é uma mente ansiosa, pois quer saber, controlar e questionar tudo. Nunca relaxa nem fica à mercê do que tiver que ser. Muito disto deve-se ao digital!

A Internet tem coisas maravilhosas. Podemos “conhecer” o mundo, aprender uma arte, ler livros, “estar com quem amamos” ou tirar qualquer dúvida que tenhamos. Tudo isto é tão bom, mas deve ser feito com peso e medida, caso contrário torna-se desastroso.

Fazer várias tarefas ao mesmo tempo deixa a mente muito agitada e com falta de concentração. Tudo o que mexe com a mente afeta o físico. Muitas vezes, pensa-se que fazer muitas coisas ao mesmo tempo permite ganhar tempo, mas na verdade acontece o contrário e tira a paz às pessoas.

Então, como se atinge esse estado de presença que nos permite aquietar a mente?

 

6 Atividades para combater a falta de concentração

1. Praticar a Atenção Plena

A prática da Meditação Mindfulness (Atenção Plena) proporciona uma maior conexão com todos e com tudo. Combatendo a falta de concentração, coloca as pessoas no único “tempo” que existe: o AGORA.

Estar completamente presente proporciona uma vida mais produtiva e com muito mais qualidade. Permite ser mais inteiro, não deixando que preocupações de outros “tempos” influenciem a vivência atual.

Revisitar o passado é ótimo e tem benefícios, desde que não nos prendamos a ele ao ponto de esquecermos que já não existe. Deve-se trazer o que faz bem e o que possa contribuir para o bem-estar no AGORA, mas logo de seguida deve-se voltar ao que realmente existe.

Por sua vez, ir ao futuro é útil, claro. Sem isso não se fazem planos. Porém, que apenas sirva para planeamento, caso contrário causará ansiedade e falta de concentração, originando desarmonia com tudo, principalmente connosco mesmos.

 

2. Fazer meditação

Para além da Meditação Mindfulness, há várias meditações. O objetivo de todas é, no geral, aquietar a mente. Com isso, obtém-se maior clareza de ideias e possíveis reações saudáveis perante situações de stress.

Por exemplo, minimizar o uso do telemóvel e outros aparelhos, em muitos casos para uso profissional, permite reduzir a falta de concentração e estar focado noutras coisas, ou seja, estar presente.

 

3. Ler

Ler um livro com um tema de que gostemos faz-nos entrar na história e mesmo vivenciá-la. Nessa altura, estamos apenas a ler e a mente descansa.

 

4. Praticar Yoga

O Yoga proporciona um tipo de meditação que traz a pessoa ao presente. Permite-lhe abstrair-se de problemas relativos ao passado ou ao futuro. Ajuda a reduzir a falta de concentração, equilibrar as emoções e transmitir uma sensação de paz interior.

É uma ótima atividade complementar ao tratamento de algumas patologias depressivas. A prática de Yoga contribui, por exemplo, para o aumento da autoconfiança, otimismo e concentração.

 

5. Fazer uma boa gestão de tarefas

Uma ótima estratégia para combater a falta de concentração é tratar de uma tarefa de cada vez. Para muitos, é algo difícil de conseguir, pois têm muito para fazer. Ocupar-se de uma função de cada vez e com atenção deixa as pessoas mais tranquilas, pois na verdade demoram o mesmo tempo. Isto permite que tudo fique muito mais perfeito, principalmente o humor.

 

6. Usar a gratidão

Já falei várias vezes do poder da gratidão. Quando somos gratos, estamos de bem com a vida, conscientes do que está à nossa volta. Confiamos que tudo está onde deveria estar e, assim, somos mais felizes!

 

Todas estas ferramentas colocam-nos em contacto com o nosso eu superior, a nossa própria essência. Aumentam a intuição, que é a bússola que nos indicará o melhor caminho a tomar. 

 

SUBSCREVA O BLOG

Partilha este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Aceito a Política de Privacidade*Dou o consentimento para o tratamento de dados*

O GO GYM está comprometido com a implementação do RGPD. Para podermos tratar os seus dados pessoais, necessitamos do seu consentimento. Clique aqui para conhecer a nossa Política de Privacidade.